A forte retração nas vendas está fazendo com que o consumidor ainda não esteja pagando pelo reajuste integral do preço dos combustíveis, em vigor desde a semana passada. A gasolina, que chegou a custar mais de R$ 4 nos postos da capital, por conta do aumento de R$ 0,40 no litro, depois da alta do PIS/Cofins, voltou a ser vendida por até R$ 3,57. Somente na semana pas...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários