O grande movimento nas lojas causado pela Black Friday rendeu algumas queixas. O Procon-GO registrou em Goiânia 40 denúncias e reclamações desde outubro até esta segunda-feira (2). Foram 25 lojas físicas denunciadas por não cumprimento de oferta, publicidade e venda enganosa. Além disso, 16 sites foram monitorados e quatro deles foram autuados por manterem o mesmo preço d...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários