Indicado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, Hélio Magalhães renunciou ao cargo de presidente do Conselho de Administração do Banco do Brasil nesta quinta-feira (1) por discordar da interferência do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na instituição, com a indicação de um novo presidente e novos integrantes do colegiado, grupo que determina a direção que o b...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários