Quem pretende comprar um imóvel este ano precisa se apressar. O mercado imobiliário goiano prevê que os preços das unidades disponíveis no mercado devem sofrer reajustes de 15% a 20% ao longo de 2021. As principais causas para esta grande valorização seriam os aumentos dos custos e até a falta de materiais de construção no mercado, como aço, cimento, telha e tijolo, a...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários