O preço do cafezinho de todo dia deixou a bebida bem mais amarga para o consumidor, que já está pagando quase o dobro do ano passado. Somente no último mês de setembro, o quilo do café subiu em 16 capitais brasileiras, segundo a Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos, divulgada pelo Dieese, e a maior alta ocorreu em Goiânia: 15,7%. As cotações do produto mostram um...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários