O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) decidiu antecipar o início da vigência de duas medidas anunciadas em agosto para tentar ampliar a competição no mercado de combustíveis, a venda direta de etanol entre usinas e postos e a possibilidade de que postos vendam combustíveis de outras marcas. As mudanças foram alvo de uma MP (medida provisória) assinada no dia...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários