Em apenas um dia a Petrobras perdeu R$ 91 bilhões em valor de mercado, a maior perda desde 1986, na esteira do tombo na faixa de 25% do barril de petróleo e da histeria em torno das consequências do coronavírus para a economia global. A guerra de preços entre a Rússia e a Arábia Saudita derrubou a cotação da commodity para a casa dos US$ 31 e acendeu o alerta em relaç...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários