A Petrobras e o governo do Rio de Janeiro assinaram nesta sexta-feira (10) protocolo de intenções para tentar atrair empresas para o antigo Comperj (Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro), um dos maiores projetos de investimento da estatal que naufragou após a descoberta do esquema de corrupção investigado pela Operação Lava Jato. A ideia é transformar a área, ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários