Cerca de 300 empresas goianas terão até amanhã para corrigirem fraudes cometidas em retificações de suas declarações do Imposto de Renda Pessoa Jurídica e aproveitarem o parcelamento especial do Simples Nacional para restituírem o imposto que deixou de ser pago. O alerta é da Delegacia da Receita Federal em Goiânia, que iniciou o monitoramento de fraudes cometidas por e...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários