A 59ª Promotoria de Justiça, unidade do Ministério Público de Goiás especializada na defesa da ordem tributária, recomendou que o governo estadual volte a tributar as exportações goianas de grãos in natura. A alegação é que a medida aumentaria a arrecadação e incentivaria o aumento da industrialização no Estado. Mas a recomendação fez com que a Federação da Agricultura e...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários