Ministério Público junto ao TCU (Tribunal de Contas da União) pediu que o órgão de controle emita um alerta preventivo de que a sanção do Orçamento de 2021 poderia levar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) a responder por crime de responsabilidade. O aviso seria encaminhado à PGR (Procuradoria-Geral da República) e ao presidente da Câmara, Arthur Lira (...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários