Cresceu nos últimos seis anos a conscientização das grandes empresas brasileiras sobre a importância da igualdade de oportunidades de ascensão profissional para mulheres e homens. Na prática, porém, as companhias continuam fazendo muito pouco para que a igualdade de gênero aconteça. Hoje, menos da metade dos profissionais acham que as suas empresas colocaram os recursos n...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários