O presidente executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, viu sua fortuna diminuir em US$ 7,5 bilhões nos últimos dias, depois que uma série de empresas decidiu parar de fazer anúncios na rede social.  Puxada por nomes como Unilever e Coca-Cola, a campanha Stop Hate for Profit decidiu suspender as campanhas na empresa para que ela tome atitudes adequa...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários