Em Goiás, 2.718 benefícios previdenciários foram cancelados em 2019, por meio de pente-fino do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS). A medida foi criada com objetivo de endurecer a fiscalização dos benefícios no País. Com os cancelamentos, é estimada a economia de R$ 42 milhões no ano. Além disso, outros 2.151 benefícios foram suspensos no Estado, casos em que o...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários