Apesar de ser um remédio amargo para o setor produtivo, a alta da taxa básica de juros (Selic) é importante para evitar a volta da inflação e garantir um crescimento sustentável, bem como a estabilidade econômica do País. Por isso, o Banco Central continuará aumentando os juros nos próximos meses, atingindo 12,25% em outubro, na opinião do ex-ministro da Fazenda Maílson d...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários