A Justiça do Trabalho de Goiás decidiu que motoristas da Uber não têm vínculos de emprego com a empresa. A definição é do Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região, validando entendimento da primeira instância. Em acórdão publicado no dia 16, a 2ª Turma do Tribunal negou recurso de um motorista de Goiânia que já havia tido o pedido de vínculo negado na pri...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários