A Corte Especial do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO) determinou que os ex-funcionários da antiga construtora Encol devem receber o pagamento integral dos direitos trabalhistas. Além disso, os valores devem ser corrigidos pelo Índice de Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). O julgamento foi realizado na tarde desta quarta-feira (13). De acordo com As...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários