A Justiça de São Paulo decidiu que a Sony não pode bloquear permanentemente o console PlayStation 5 de um usuário que infringiu regras de conduta do videogame. Na prática, o chamado bloqueio siginifica inutilizar o hardware. Um jogador que tinha acesso individual à PS Plus Collection, serviço que permite baixar alguns jogos do PS4 no novo console da Sony, o PS5 ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários