O decreto publicado pelo governo estadual nesta segunda-feira (29) permite o funcionamento de consultórios médicos e odontológicos, com redução de 50% da capacidade de atendimento, pois a atividade é considerada essencial. A medida foi tomada como prevenção ao avanço da contaminação pelo novo coronavírus em Goiás. Em relação à saúde, o texto ainda permite o funciona...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários