“Se você quer paz, se prepare para a guerra”, aconselhou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), em declaração que pode ser interpretada como um recado para agitar sua base eleitoral com vistas ao pleito de 2022. Seja qual for a intenção do mandatário, no campo das finanças a escaramuça já está instalada: inflação e desemprego em alta, atividade econômica retraí...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários