O número de indenizações pagas por conta de mortes no trânsito cresceu 6% em Goiás no ano passado em comparação com 2018. Um salto que significou 1.783 sinistros e fez o Estado ficar em sexto lugar entre os dez do País em que o trânsito mata mais do que crimes de homicídio, latrocínio e lesão corporal seguida de morte. Isso segundo comparativo feito pela Seguradora Líde...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários