Embalada pelo sinal mais firme de ganhos de suas pares em Nova York e chegando a um nível mais atrativo para as compras, a bolsa deu continuidade à valorização da véspera. Chegou ao final da sessão em alta de 0,94%, na marca dos 98.193,53 pontos, em meio à contenção do dólar à vista no nível dos R$ 4,15. O giro financeiro foi de R$ 13,8 bilhões, seguindo abaixo da média...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários