O governo federal quer aproveitar a Medida Provisória que libera os saques do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para reformular o acesso aos recursos do fundo e quebrar o monopólio da Caixa Econômica Federal. Segundo reportagem do jornal O Globo, publicada nesta segunda-feira (7), a mudança já foi feita no texto da MP pelo relator, deputado Hugo Motta ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários