O governo federal prorrogou por mais dois meses o programa de suspensão de contratos de trabalho e corte de jornada e salário. Entre as medidas previstas no programa, estão a redução da jornada de trabalho em até 70% e suspensão de contratos de trabalho. Um balanço feito da Superintendência Regional do Trabalho em Goiás (SRTb/GO) mostra que, entre 1º de abril e 21 de a...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários