A geração distribuída de energia – que é aquela em que os próprios consumidores investem e geram localmente – mais que dobrou a potência instalada no Estado este ano. De janeiro até a sexta-feira (4), passou de 25,138 mil quilowatt (kW) para 52,553 mil kW, segundo dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Mais de 4,3 mil sistemas de micro e minigeração j...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários