Metade das usinas hidrelétricas que operam em Goiás ou na divisa do Estado tem gerado menos do que o programado. O que eleva a preocupação pela crise hídrica que tem aumentando a demanda por térmicas e, por consequência, ampliado o preço pago na fatura pelos consumidores em todo o País. Para se ter ideia, ontem, a Usina de Itumbiara estava com volume útil de 10,29%, meno...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários