A 6ª edição do Feirão Classi, que ocorre desta sexta-feira até domingo, no estacionamento do Grupo Jaime Câmara (GJC), promete repetir o grande sucesso em vendas das edições anteriores. Desta vez, serão expostos 350 veículos seminovos, que serão comercializados com preços e condições diferenciadas de pagamento, além da aprovação do crédito na hora. A expectativa é que cerca de 4 mil pessoas passem pelo evento durante os três dias de realização.

Os seminovos vendidos poderão ser financiados com taxas ainda menores que na última edição, partir de 0,79% ao mês, parcelas a partir de R$ 299 e até 90 dias para pagar a primeira. Os visitantes também poderão fazer test drive nos veículos, um fator que contribui para a decisão de compra. Assim como na última edição, o próximo Feirão Classi terá um espaço de convivência planejado para melhor comodidade dos visitantes.

Os veículos também serão vendidos com até um ano de garantia. Uma das grandes facilidades do evento é que a avaliação dos financiamentos será feita na hora. Uma novidade é que, nesta edição, o Feirão Classi será realizado durante três dias, e não em dois como antes, atendendo a pedidos dos próprios lojistas. O analista de Marketing do GJC, Winícius Nogueira, informa que este ano o evento terá mais ativações de marcas e contará com as presenças de empresas como o Fujioka/Pionner, Umuarama Motos, Saga Pneus, Real Brasil Corretora e Sorvete do Cerrado.

Esta já é a quarta edição realizada somente em 2019. Mas ainda devem acontecer outros feirões Classi este ano. “Isso por conta do sucesso do evento perante o consumidor final, que tem as melhores possibilidades de compra, graças às condições mais facilitadas, e aos expositores, por conta da infraestrutura adequada e o grande respaldo de mídias”, destaca Winícius.

Pesquisas feitas na última edição mostraram que 86% do público se declarou satisfeito com o feirão e 100% dos expositores indicariam o evento. Outros 64% contaram que, além das vendas feitas no local, também fecharam negócios nas semanas subsequentes. 

O sócio proprietário do Ponto do Automóvel, Gean Carlos Barros, lembra que a empresa já participou de praticamente todas as edições do Classi, sempre com bons resultados. Somente nos dois dias da última edição, foram vendidos 12 veículos. “Com o evento se estendendo até domingo, desta vez o resultado de vendas deve ser ainda melhor”, prevê o empresário.

O gerente de vendas da Morato Veículos, Wesley Morato, diz que a empresa levará 28 veículos para o Feirão Classi, que serão repostos à medida que forem vendidos. Na última edição, a empresa comercializou 10 unidades e voltou por conta dos bons resultados obtidos.
A diretora da RC Automóveis, Lorena Alves, conta que a empresa levará 20 veículos para o evento, com valores de R$ 15 mil a R$ 60 mil. Ela lembra que a entrada também poderá ser parcelada em até 12 vezes nos cartões de crédito.