A Federação do Comércio do Estado de Goiás (Fecomércio-GO), o Sindicato do Comércio Varejista no Estado de Goiás (Sindilojas-GO) e a Associação das Empresas do Mercado Imobiliário de Goiás (Ademi-GO), irão recorrer da decisão do presidente do Tribunal de Justiça, Walter Carlos Lemes, que suspendeu as liminares concedidas pela juíza Jussara Louza, q...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários