Condomínios, cooperativas e empresas com contratos de energia em classe B (baixa tensão) e que não possuem espaço para abrigar placas para geração de energia solar ou não pretendem investir nestes equipamentos, terão a opção de arrendar sistemas fotovoltaicos. Na próxima semana, será inaugurada a primeira usina fotovoltaica remota que atenderá múltiplas unidades consumidoras n...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários