Aposentada, Maria Aparecida Silvério, 72 anos, recebe um salário mínimo e mora com a filha, de 31 anos, e o neto, de 4. Por causa da pandemia, sua filha perdeu o emprego, o que afetou a renda familiar. Apesar da idade, a avó prossegue trabalhando como empregada doméstica, o que faz há 14 anos na mesma casa. Ela conta que ficou 50 dias em isolamento, “mas recebendo”, e ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários