O governo estadual mudou os planos para as desestatizações e esticou mais o cronograma, mesmo com a previsão de que a venda de ativos seja utilizada para amortização de dívidas. De seis empresas na lista desde 2019 para oferta ao mercado, apenas uma tem previsão de leilão para este ano, a Celg Geração e Transmissão (Celg GT). Sendo que a companhia teve processo adiado...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários