As escolas particulares de Goiânia atingiram um recorde de 45% de inadimplência nas mensalidades, reflexo do prolongamento das medidas de isolamento social para o combate à propagação do novo coronavírus. Além disso, com os alunos em casa, o volume de distratos de contratos na educação infantil já chegou a 50%. O Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino de Goiânia ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários