O desemprego no Brasil aumentou 27,6% em quatro meses de pandemia, informou ontem o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em maio, a população desocupada era de 10,1 milhões, número que passou para 12,9 milhões em agosto. Em comparação com julho, a taxa de desocupação no país subiu de 13,1% para 13,6%. As regiões Norte e Nordeste foram as ma...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários