O Brasil registrou alta de 33% no número de contratos de trabalho encerrados por morte no 1º bimestre de 2021 na comparação com o mesmo período de 2020 (quando não havia pandemia). Foram 11.549 desligamentos com essa justificativa de janeiro a fevereiro deste ano (ante 8.684 no início do ano passado). Os dados constam no Novo Caged (Novo Cadastro Ge...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários