A publicação de decreto pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no final de dezembro extinguindo, ao todo, mais de 27 mil cargos dos quadros de pessoal da administração pública federal e vedando a abertura de concurso público e o provimento de vagas adicionais para 68 cargos não deve ser fator de preocupação para os concurseiros. Essa é a avaliação da coach de con...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários