A dúvida sobre quais estabelecimentos comerciais e indústrias podem ou não abrir continua causando confusão entre os empresários, quase uma semana após o último decreto do governo de Goiás que tornou a restrição mais abrangente. A principal dúvida é entre os proprietários de fábricas que estão no início da cadeia produtiva de comida e medicamentos, como indústrias de e...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários