O dólar começou julho em queda, em parte um movimento de ajuste após as altas recentes, em parte refletindo o enfraquecimento da moeda americana no exterior nesta quarta-feira. 1º. Otimismo com o desenvolvimento de uma vacina para combater o coronavírus, desta vez da Pfizer com a BioNTech, e indicadores melhores que o esperado nos Estados Unidos, Europa e Brasil ajudaram a...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários