Os turistas com viagem marcada para as praias afetadas pelas manchas de óleo que atingiram a costa nordestina têm direito de solicitar o adiamento ou até mesmo o cancelamento da viagem, sem a incidência de multas. O posicionamento é dos Procons de São Paulo e Goiás, que alertam que o consumidor deve se informar antes sobre a situação da localidade para onde vai viajar ...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários