O conselho de administração da Celg Participações (CelgPar) aprovou na tarde desta sexta-feira (19) a privatização da subsidiária Celg Geração e Transmissão (Celg GT). A estatal deve ir a leilão ainda neste primeiro semestre, segundo estimativa do governo de Goiás, que é acionista majoritário. A empresa será oferecida pelo preço mínimo de R$1,531bilhão. A CelgPa...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários