Especialistas em varejo apostam que a Black Friday deste ano, marcada para o dia 27 de novembro, não será como as outras –o comércio online deve roubar o protagonismo das lojas físicas porque o brasileiro nunca comprou tanto pela internet. Segundo o estudo Webshoppers 2020, realizado pela Ebit/Nielsen, 7,3 milhões de consumidores fizeram sua pr...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários