O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) aprovou nesta terça-feira a Carteira Nacional de Habilitação Eletrônica (CNH-e), conforme proposta pelo ministro das Cidades, Bruno Araújo. O novo formato estará disponível a partir de fevereiro de 2018, segundo o ministério.  Embora não substitua o documento impresso, a CNH eletrônica terá valor normal de documento quando...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários