A afirmação do ministro da Economia, Paulo Guedes, de que “renunciaria ao cargo se a reforma da Previdência pretendida pelo governo virasse uma “reforminha” gerou ruído e preocupação inicial entre investidores. Mas o dia terminou com o presidente Jair Bolsonaro colocando panos quentes nas declarações do ministro à revista Veja. Depois de responder, durante sua primeira vi...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários