Filas de caminhões carregados com botijões de gás de cozinha vazios estão se formando em frente às distribuidoras do Estado. O problema ainda é reflexo da greve dos caminhoneiros que durou dez dias e terminou na semana passada. De acordo com o presidente do Sindicato das Empresas Revendedoras de Gás da Região Centro-Oeste (Sinergás), Zenildo Dias do Vale, o Esta...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários