O movimento nas agências de Goiânia da Caixa Econômica Federal foi tranquilo nesta sexta-feira (13), primeiro dia de pagamento do Saque Imediato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), no valor de R$ 500. O dinheiro está disponível a partir de hoje para pessoas que possuem conta poupança na Caixa e nasceram nos meses de janeiro, fevereiro, março e abril.

O gerente regional do banco em Goiás, Carlos Augusto de Oliveira Júnior, explica que o valor será depositado automaticamente para pessoas que possuem conta na Caixa. Este, inclusive, é um dos motivos para a pouca procura hoje. 

Mesmo com baixa demanda, as agências da capital terão horário estendido neste sábado (14), segunda (16) e terça-feira (17).  No sábado, as agências abrem às 9h e fecham às 15h. Na segunda e na terça-feira da próxima semana, as unidades abrem às 8h e fecham às 16h. Veja o calendário completo do saque para quem tem conta na Caixa:

​Janeiro, Fevereiro, Março e Abril - ​a partir de 13/09/2019

​Maio, Junho, Julho e Agosto - ​a partir de 27/09/2019

​Setembro, Outubro, Novembro e Dezembro - ​a partir de 09/10/2019

O calendário de saque para pessoas que não possuem conta na Caixa começa em outubro e também é organizado de acordo com o mês de aniversário. O saque deve ser feito em agências do banco. Veja o cronograma:

​Janeiro - 18 out 2019

​Fevereiro - 25 out 2019

Março - 08 nov 2019

​Abril - ​22 nov 2019

​Maio - 06 dez 2019

​Junho - 18 dez 2019

​Julho - 10 jan 2020​

​Agosto - 17 jan 2020

​Setembro - ​24 jan 2020

​Outubro - 07 fev 2020​

​Novembro - 14 fev 2020​

​Dezembro - 06 mar 2020​

Vale lembrar que saques até R$ 100 podem ser realizados em unidades lotéricas, utilizando o CPF e documento de identificação com foto. Todos os trabalhadores com contas ativas ou inativas do FGTS podem sacar até R$ 500 de cada uma delas.

Para saber o valor disponível de FGTS e consultar canais de atendimento basta acessar o site da Caixa. O banco também criou um portal para o trabalhador tirar dúvidas sobre a modalidade. Além disso, é possível ter acesso às informações pelo aplicativo FGTS, disponível para download nas lojas App Store e Google Play.

O gerente regional da Caixa concedeu entrevista ao POPULAR hoje e respondeu dúvidas dos leitores. Assista: