O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, nesta segunda-feira (27), a compra de parte da Embraer pela Boeing. A operação foi aprovada sem restrições. Segundo a reportagem apurou, o órgão avaliou que o negócio não representa riscos à concorrência porque as empresas hoje não atuam nos mesmos mercados. A operação foi anunciada em jul...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários