O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira, 25, que a liberação dos saques das contas ativas e inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), anunciada na quarta-feira pelo governo, é um "pequeno ânimo para a economia". Questionado se os recursos não seriam utilizados mais para o pagamento de dívidas do que para o consumo, Bolsonaro disse ...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários