Em resposta a um "balão de ensaio" do ministro da Economia, Paulo Guedes, o presidente da República em exercício, Hamilton Mourão, afirmou nesta sexta-feira, 24, que o presidente Jair Bolsonaro é o "único decisor" do governo. O comentário foi feito sobre a ideia de Guedes criar um "imposto do pecado", que serviria para tributar bebidas açucaradas, álcool e cigarro. ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários