A postura beligerante do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tem gerado incômodo em integrantes do Ministério da Economia. Para eles, o mandatário atrapalha a retomada da atividade econômica. Atritos criados com outros Poderes, antes relevados internamente sob a justificativa de que a agenda econômica tinha respaldo e caminharia paralelamente, começam a ser interpret...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários