As agências bancárias permanecem abertas, segundo assegura a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e seus bancos associados. Em nota a entidade diz que elas seguem com atendimento a todos os clientes, priorizando os públicos mais vulneráveis, como o de aposentados e pensionistas.

A entidade cita que cumprindo orientação do Banco Central para enfrentar as dificuldades trazidas pela pandemia de coronavírus, “os bancos deverão, pontualmente e por períodos limitados de tempo, alterar horários de atendimento ou suspender serviços em agências selecionadas”. A relação delas não foi informada, mas, conforme a nota da federação, os clientes serão informados pelos canais de comunicação de cada banco.

A Febraban diz que “o setor se compromete a assegurar a prestação de serviços essenciais.” Mas destaca que “recomendam enfaticamente a seus clientes e usuários do setor bancário que, atendendo às recomendações das autoridades sanitárias, evitem deslocar-se para as agências bancárias e deem preferência a usar produtos e serviços dos bancos por meio dos canais remotos disponíveis”. Cita ainda que seguem disponíveis a rede de autoatendimento, com 170 mil terminais em todo o País, que tiveram a higienização “intensificada”.

“Ao evitar voluntariamente ir às agências bancárias, todos colaborarão para que os bancos possam priorizar o atendimento aos grupos mais vulneráveis, protegendo todos”, afirma, em nota.

Atendimentos

Na quarta-feira (18), a Caixa anunciou a adoção de novas medidas de prevenção ao coronavírus. Segundo o banco, o fluxo de pessoas no interior das agências será limitado a, no máximo, 50% da capacidade dos assentos das unidades, para manter a distância de no mínimo 1 metro entre as pessoas. Afirmou que serão colocados na porta das agências cartazes com informações para orientar os clientes.

Uma das outras medidas citadas pela Caixa é abertura antecipada, em uma hora, de unidades selecionadas, para atender os clientes que estão no chamado grupo de risco. Em Goiás o banco cita que todas as cidades que só têm uma agência está abrindo mais cedo. Em Goiânia isso acontece em seis unidades, entre elas, a da 24 de Outubro e outra, no Setor Garavelo.

O Santander diz que as agências com maior concentração de pensionistas e clientes idosos também poderão adotar um horário exclusivo para o atendimento dessa população, das 9 às 10 horas. Afirma ainda que, a partir da próxima terça-feira (24), irá interromper as atividades em parte de suas agências nas regiões metropolitanas de São Paulo e do Rio de Janeiro. Já nas demais agências no País, o horário de funcionamento será reduzido em duas horas, das 10 às 14 horas. Ainda cita que escalonarão o acesso de clientes ao interior das agências, em grupos de dez a 20 pessoas por vez, conforme o tamanho da loja.

Em nota, Itaú Unibanco informou que, neste momento, todas as agências seguem abertas e atendendo aos clientes normalmente. Banco do Brasil também disse que ainda não alterou horários.