A Avianca, em recuperação judicial e com suas atividades completamente paralisadas, foi impedida pela concessionária do Aeroporto de Guarulhos de vender mesas, cadeiras e armários, somando um valor de R$ 140 mil. Citando uma enorme chance de que a companhia aérea não volte a voar e de que poderá ter sua falência decretada em breve, a concessionária a...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários